domingo, 3 de março de 2013

Coraline: Resenha.


“O gato caminhava a seu lado.
- E porquê? – perguntou o gato, embora parecesse muito pouco interessado.
- Porque – disse ela – quando você tem medo e faz mesmo assim, isso é coragem.”

 

Titulo: Coraline
Autora: Neil Gaiman
Editora: Rocco
Ano: 2003
Páginas: 155



Sinopse: A história de Coraline é de provocar calafrios. A narrativa dá muitas voltas e percorre longas distâncias, criando um ‘outro’ mundo onde todos os aspectos de vida são pervertidos e desvirtuados para o macabro. Ao mesmo tempo sutil e cruel, o autor gosta de desafiar as imagens simples dos livros infantis tradicionais. No livro, a jovem Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.

 
 
Resenha: Coraline é o nome de uma menina e não Caroline como os outros costumam erroneamente a chamar, que se muda com seus pais para um velho casarão e que por conta de sua amplitude foi dividido em quatro apartamentos.
 
Dos quatro apartamentos apenas três foram alugados, permanecendo um deles vazio. Portanto, os apartamentos daquele casarão são ocupados; um recentemente pela família de Coraline, outro ocupado por duas senhoras que foram no passado atrizes e por fim o outro apartamento é ocupado por um velho que treina circo de ratos.
 
Coraline é uma menina muito esperta, ativa e curiosa e ao se mudar para seu novo lar percebe que lá não há nenhuma criança para que possa brincar e passar o seu tempo.
 
Está de férias e embora seus pais estejam sempre presentes, pois ambos trabalham em casa, nunca lhes dão atenção o suficiente para suprir a necessidade que Coraline tem de uma companhia.
 
Assim, Coraline faz tudo o que pode para passar o tempo. Conhece seus novos vizinhos, explora o jardim do Casarão, encontra o poço no qual já havia sido avisada pelas velhas vizinhas que o mesmo era perigoso, conhece os animais que ali habitam e inclusive um estranho gato preto.
 
Um certo dia, Coraline foi proibida por sua mãe de sair de casa por estar chovendo muito e isso a deixou extremamente entediada. Decidida que continuaria com sua exploração vai até seu pai e o mesmo não tendo o que fazer e não podendo dar atenção à filha sugere que a mesma continue com sua exploração dentro da própria casa.
 
Coraline através de sua exploração acaba encontrando uma porta fechada. Curiosa faz com que sua mãe a abra e vê que a mesma não dá em parte alguma, atrás da porta havia apenas uma parede de tijolos.
 
No entanto, aquilo havia deixado Coraline intrigada e passou diversos dias pensando naquela porta. Até que um dia, sozinha em casa pega a chave da porta e a destranca e ao abri-la se surpreende, pois ao invés da parede de tijolos havia um corredor escuro.



Ao atravessar o corredor Coraline encontra sua casa, seus pais, seus vizinhos, o jardim, enfim tudo exatamente da mesma forma.  No entanto, uma versão muito melhor do que a que estava acostumada. Ali encontrou pais totalmente atenciosos, um jardim lindo, brinquedos maravilhosos, uma comida perfeita, etc.

Diante desta nova oportunidade Coraline terá que decidir em que mundo irá querer passar os restos dos seus dias.

 O livro é fantástico. Adorei os personagens são muito bem construídos. Tem várias ilustrações muito bacanas no livro, facilitando desta forma a visualização dos ambientes e dos personagens.

Traz uma mensagem muito bonita sobre valores. No meu caso, me fez muito pensar no provérbio “a beleza está nos olhos de quem a vê.” Então, embora seja um livro infanto-juvenil ele não deixa de ser apropriado a várias faixas etárias. Me fez refletir bastante após a leitura.

É um livro que você lê muito rápido, primeiro por ser uma leitura prazerosa e segundo por ter apenas 155 páginas e ter diversas ilustrações como mencionei acima. A capa do livro é muito linda e retrata bem a história.

Enfim, é sensacional. Eu ainda não tinha lido nenhuma obra do Neil Gaiman e após ter lido Coraline já comprei mais duas obras do autor. Me apaixonei.

Logo após a leitura eu aluguei o filme e achei bacaninha. No filme existe um personagem que no livro não tem. Algumas coisas são diferentes do livro, exemplo o final é um pouquinho diferente, tem algumas diferenças.

Claro, o livro é infinitamente melhor e recomendo a leitura para somente depois assistir o filme, mas não deixem de ver o filme também.

Classificando: 5 estrelinhas!


 
“Por alguns momentos sentiu-se totalmente deslocada. Não sabia onde se encontrava, nem estava totalmente certa de quem era. É surpreendente o quanto do que somos depende da cama onde acordamos pela manhã, e é surpreendente o quanto isso é frágil.”
 
Pessoas que Gostam de Ler! Leiam, leiam, leiam. Ah e assistam ao filme.
 
Beijão para todos!
Por Luciana Curvello
 
 

9 comentários:

  1. Começou bem.....minha visita. Adoro tudo de quadrinhos. Quando minha vida voltar ao normal....lerei seus textos com calma.
    Abs

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive curiosidade para ler o livro, gosto bastante do filme, não apenas pela história, mas pela estética também. Vai entrar para a minha lista.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Ver gostar e ler
    Para isso estou aqui
    Sabe bem escrever
    Você o que eu li!

    Poesia, ou em prosa
    No jardim florida
    Encontrei uma rosa
    Da roseira nascida!

    Resto de bom domingo
    Para você estou a desejar
    Não se zangue comigo
    Por um beijinho lhe enviar!

    Eduardo.

    ResponderExcluir
  4. É a segunda resenha que leio sobre esse livro, e novamente me bate aquela vontade imensa de ter o livro e ler! Gostei muito da sua resenha Luciana, você destacou muito bem os pontos fortes do livro e me deixou muito ansiosa para ler Coraline ;)

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Gostei demais do seu blog e seja bem-vinda ao Sala Latina de Cinema. Gostaria de ser seguidora do seu blog. Como faço? Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  7. Obrigada por visitar o meu blog. Eu gosto muito de livros também. Não li Coraline ainda, mas adorei o filme. Já estou te seguindo te seguindo também ok? Beijos

    ResponderExcluir
  8. Adorei o blog. Seguindo!

    Beijos,
    Isabelle.
    http://verbosdiversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir